10 dicas para tornar a vida mais simples

Odanga Madung no site Quora, em maio de 2015, dá algumas dicas para tornar a vida mais simples.

Vejamos quais são elas:

1. Atualize o seu smartphone

Faça dele o seu principal meio de comunicação. Sem ruídos, sem mensagens irritantes de aplicativos, sem o vício da Internet e sem e-mails. Apenas faça ligações telefônicas e use mensagens de texto.

2. Aprenda a dizer não e a fazer isto habilmente

Isto é importante para simplificar a vida, porém um simples “não” pode, às vezes, complicar as coisas ainda mais. Dependendo de para quem você diz não, vale a pena dizê-lo habilmente e, em alguns casos explicar por que. Por exemplo, se alguém o parar na rua e pedir dinheiro, na grande maioria dos casos um simples não é suficiente. Todavia, se um bom amigo lhe pedir um favor que você não pode fazer, é bom explicar por que não pode fazer.

3. Livre-se do excesso de informação

Hoje em dia, na era do Big Data isto não é fácil. O importante é limitar-se à informação que é importante para você, e deixar de lado a chamada cultura inútil. Abandone o Facebook, o Twitter e qualquer outra rede social que o mantenha constantemente em estado de alerta. Algumas pessoas parecem que têm “falta do que fazer” e tentam preencher as suas vidas com as redes sociais e fofocas. Todavia, para um bom profissional, é necessário manter-se sempre bem atualizado em relação à sua profissão, ao mercado onde você está inserido, etc. Não tente ter um interesse “em tudo”. Isto não ajuda e pode atrapalhar bastante.

4. Livre-se das pessoas desnecessárias

Vale a pena selecionar quem você quer ter à sua volta. A maioria das pessoas é mais um peso morto que um ativo para você. Muita gente procura apenas alguma companhia para bater papo, fofocar e coisas deste tipo. Outras querem conversar sobre os problemas delas e esperam suas sugestões para resolvê-los. Procure cercar-se de pessoas e amigos que possam lhe trazer alguma contribuição, em termos profissionais ou meramente sociais.

5. Defina-se

Saiba claramente quem você é, o que você quer e para onde vai. Saiba quais são os seus pontos fortes, os seus pontos fracos e defina os seus interesses. Desta forma, você fica menos sujeito a distrações inúteis e será capaz de focar melhor em ser o melhor que puder e usar todo o seu potencial.

David Friedman faz outras sugestões interessantes no mesmo site:

6. Tenha uma rotina para começar o dia

Ele escreve que é difícil escrever um livro de 80.000 palavras, mas que é simples escrever 500 palavras cada manhã e, se isto estiver embutido na sua rotina diária, você terá escrito o seu livro em pouco mais de cinco meses. Este tipo de rotina pode valer para ler, fazer exercícios físicos, meditar, etc. Essas rotinas não complicam a sua vida, pois, com o passar do tempo, tornam-se automáticas.

7. Selecione e evite as tarefas que não são importantes

Mesmo profissionalmente, é necessário estabelecer prioridades e você pode usar a famosa regra ABC. Ela funciona assim: o que for muito importante e urgente vai para a gaveta A e deve merecer atenção imediata; o que for importante, mas não for urgente, deve ir para a gaveta B (desta gaveta, tudo deve, eventualmente, ser transferido para a gaveta A ou para a gaveta C; o que não for importante nem urgente deve ir para a gaveta C e, tudo o que estiver na gaveta C e não se tornar importante ou urgente em uma semana ou em um mês deve ir para o lixo.

8. Reduza a sua disponibilidade de acesso para outras pessoas

Aqui, o assunto é quase o mesmo mencionado no item 3. Livre-se das interrupções desnecessárias, que geralmente são causadas pelas redes sociais, por certos aplicativos como o WhatsApp, etc. Limite a sua disponibilidade e use ao mínimo os meios de comunicação que roubam o seu tempo e não lhe servem praticamente para nada. Reserve alguns minutos do dia para ler as suas mensagens e fique por aqui.

9. Não se preocupe em ter uma opinião sobre tudo o que acontece no mundo

A sua opinião sobre certos assuntos gerais, que circulam diariamente na mídia, é geralmente sem nenhuma utilidade para você mesmo ou para os outros, além de não ter qualquer impacto sobre o mundo real. Muita gente faz questão de ter opiniões sobre assuntos diversos, como casamento gay, futebol, quem vai ser a Miss Universo, etc. Jogue isto fora! Isto não quer dizer que você não deve ser uma pessoa bem informada, mas, ter opiniões sobre coisas sobre as quais nós não temos o menor controle não faz sentido, nem advogar opiniões sobre o que não podemos mudar.

10. Daqui a 200 anos, provavelmente, ninguém saberá que você existiu

Muitos dos nossos triunfos pessoais e das nossas frustrações diárias darão em nada. Não gaste boa parte do seu tempo fazendo coisas inúteis para você e para os outros. Um dia todos nós vamos morrer e nada disto terá a menor importância. Não há nada mais simples que isso.

Você gostou deste post? O que você achou das dicas mencionadas? Você tem alguma sugestão a ser acrescentada a esta lista, que gostaria de compartilhar conosco? Por favor, deixe os seus comentários e sugestões no espaço a seguir.

Falar com um Consultor
× Como posso te ajudar?