Atenção com a utilização da garagem | Wesco

Atenção com a utilização da garagem

Uma área em comum do condomínio que às vezes pode ser um grande incomodo é a garagem.

A garagem, local destinado para guardar e proteger o(s) carro(s) dos condôminos, muitas vezes também é utilizada com outros fins (como por exemplo, depósito) e acaba causando incomodo para os outros.

Para evitar esse tipo de constrangimento, o ideal é que o condomínio inclua em seu regimento interno as regras para a utilização da garagem e os usos destinados para a mesma, a fim de padronizar, organizar e manter a boa convivência entre os condôminos.

O que ter em mente para um bom uso da garagem

O sindico deve prestar atenção em tudo no seu condomínio, inclusive da garagem. Por isso, alguns cuidados com a garagem são essenciais:

  • Ter um sistema de segurança: um sistema de segurança que inclua câmeras de gravação (dentro e fora da garagem) evita constrangimentos, ajuda a ter um controle de quem circula pela área, e ajuda a manter o condomínio mais seguro. Além das câmeras de gravação, alarmes (para o caso de tentativa de arrombamento), luzes e sons (para sinalizar a entrada e saída de veículos) também garantem a segurança dos condôminos e dos possíveis pedestres do lado de fora.
  • Manter o ambiente da garagem limpo e organizado: Fazer a manutenção regularmente da garagem, como a pintura das faixas de limitação de vagas e limpeza da garagem, ajuda a evitar constrangimentos e a manter a organização do local.
  • Saber quem são os moradores: Saber quem mora no condomínio e saber quem são as visitas mais frequentes também ajudam na segurança. Embora não se deva emprestar o controle da garagem para quem não mora no condomínio, manter um diálogo com os moradores e saber quem circula no condomínio é essencial para evitar furtos e outras situações de riscos.
  • Manter um cadastro de vagas na garagem: Além de saber quem mora no condomínio, o síndico também deve ter um cadastro de vagas, e deve mantê-lo atualizado. Esse cadastro serve para manter a ordem na garagem e para evitar constrangimentos, como por exemplo, o uso de uma vaga que não pertence àquele morador. Além disso, esse cadastro pode ajudar o sindico com possíveis problemas futuros. Em caso de apartamentos vazios, o sindico precisa de um documento do proprietário permitindo ou não o uso de sua vaga vazia.
  • Ter o bom senso: Ter bom senso é imprescindível. Tantos os moradores como o sindico. Estacionar em lugares de manobras, não desrespeitar as regras do condomínio, não arcar com as consequências de seus atos, entre outros problemas de nada ajudam o condômino e só causam constrangimentos e incômodos para todos os condôminos. Portanto, lembre-se de ter o bom senso!

Para os cães, Acacabou evita transtornos

Outra questão que gera confusão, são os animais domésticos em condomínios. Na falta de saquinhos de coleta de fezes, ou a falta de consciência de alguns donos, é comum reclamações e até brigas por causa de sujeira no espaço de vivência entre moradores.

Uma solução prática é instalar um dispenser que possibilita a retirada de saquinhos um a um. Ele pode ficar fixado nos locais por onde as pessoas circulam ao passear com seus cães. É o fim do transtorno. Saiba mais aqui.

Com informações de: Condomínio SC