Saiba o que são as fazendas verticais | Wesco

Saiba o que são as fazendas verticais

As fazendas verticais já se provaram vantajosas, mas ainda há desafios, confira!

Provavelmente você já deve ter visto em algum filme de ficção científica prédios inteiros dedicados ao cultivo da principal fonte de alimentos de uma determinada população. Geralmente, quando esses locais existem nos filmes, é porque algo muito ruim aconteceu na Terra e essa foi a única solução encontrada pela humanidade para continuarem vivos.

Bom, saiba que esta solução vista em alguns filmes existe: as fazendas verticais são muito utilizadas na Ásia e é vista como a principal solução para combater a crescente demanda de novas pessoas a serem alimentadas. E, de acordo com uma pesquisa da Nações Unidas, essa demanda deve alcançar a marca de quase 2 bilhões e meio de pessoas até 2050.

Sabendo que a atual forma de agricultura mundial está sendo cada vez mais prejudicada pelas mudanças climáticas – que são causadas justamente pelos efeitos colaterais deste sistema de agricultura – e sabendo que, apesar dos esforços, ainda não há uma produção suficiente, veio a pergunta: como suprir esta crescente demanda sem causar mais impactos ao meio ambiente?

Conceito de fazenda vertical

O conceito surgiu em 1999, durante uma aula na Universidade de Columbia, em Nova York. O ecologista Dickson Despommier lançou um desafio à uma turma de pós-graduação: como é possível reduzir o grande rastro de carbono envolvido no transporte de colheitas agrícolas que iam do campo até as cidades?

A partir deste desafio, surgiu o conceito de fazendas verticais. O problema, de acordo com o ecologista, era que para o conceito sair do papel e se tornar realidade, era necessário aos envolvidos na construção o mesmo tipo de conhecimento técnico que um neurocirurgião ou cientista espacial tinham. Para a sorte de Dickson, o conceito agradou e conseguiu ganhar vida.

O que é uma fazenda vertical?

Como o nome sugere, são fazendas inteiras plantadas “de pé”. É um prédio fechado, construído para que o máximo de luz natural seja aproveitado e que chegue às plantas. As plantas são plantadas verticalmente em um sistema giratório, que muda a localização das plantas constantemente, a fim de aproveitar a iluminação o máximo possível.

Além desta plataforma giratória, um sistema de irrigação é instalado para garantir que as plantações recebam a quantidade ideal de água, sem desperdícios. Caso seja necessário, há também a possibilidade de instalar lâmpadas de iluminação artificial, a fim de fazer com que a planta receba a quantidade de luz necessária para seu desenvolvimento.

Benefícios das fazendas verticais

Para os países super populosos, como China e Japão, essa alternativa tem ajudado muito, mesmo custando cerca de 20% mais caro que os produtos cultivados em campos.

Além disto, as fazendas verticais conseguem entregar uma maior quantidade de produto – apenas uma torre de mil metros de altura de uma das várias fazendas verticais de Singapura, consegue entregar mais de 800 quilos de repolho chinês, acelga, e outras verduras para o norte do país.

Além da quantidade produzida ser maior, não existe a necessidade de se utilizar pesticidas, herbicidas e qualquer outro tipo de agrotóxico. A quantidade de água utilizada nas fazendas verticais também diminui, podendo haver uma economia de até 99% de água.

Embora esse tipo de conceito e de tecnologia ainda estão engatinhando, os cientistas que trabalham para melhorar o conceito dizem que todos os tipos de plantas podem ser plantados, inclusive plantas frutíferas grandes e plantas de tubérculos.

Desafios das fazendas verticais

Embora as fazendas verticais têm se provando bem-sucedidas e lucrativas, ainda há sérios desafios a serem solucionados, sendo a maior delas a questão de energia utilizada pelas fazendas.

Devido ao sistema de iluminação, de aquecimento e de eletricidade que as fazendas verticais requerem, o custo com a energia é mais alto do que as de estufas tradicionais.

Dentre outros desafios envolvendo questões sustentáveis que ainda precisam ser resolvidas, há ainda o preconceito que esses produtos sofrem por muitos consumidores, que acreditam estarem consumido vegetais “100% criados em laboratórios”.

A Wesco também oferece sustentabilidade

E a Wesco é uma das mais competentes em oferecer soluções práticas para escolas, condomínios e empresas que seguem um compromisso com o meio ambiente e a necessária sustentabilidade. Veja mais informações no site: wesco.com.br

Com informações de: Intel IQ Brasil; eCycle.

× Como posso te ajudar?