Guia sobre cães: cuidados com o filhote

Guia sobre cães: cuidados com o filhote

Cuide bem do seu cachorrinho para ele crescer saudável!

Muitas pessoas não se preocupam, mas os primeiros meses de um cachorro são muito delicados. Principalmente quando ele é separado do leito materno. Antes de qualquer coisa, na hora que for comprar um filhote, é crucial observar a origem dele — muitas vendas clandestinas estão ligadas à maus tratos e você só estará apoiando a prática ao comprá-lo (denuncie se possível).

Se o seu amor aos animais é mais importante que raça, aparência, condição de saúde, idade, entre outras características, procure adotar um que esteja precisando de cuidados. Tenha consciência de sua disponibilidade para atender as necessidades do cão: eles precisam não só do básico para a saúde, mas também de atenção.

Se o cãozinho que você ganhou, comprou ou adotou está perfeitamente saudável e passou de 30 dias do desmame, fique por dentro de um guia prático para mantê-lo saudável:

✔ Exames: Os primeiro exames devem ocorrer a partir de 25 a 30 dias de idade e antes da primeira vacinação. É recomendado um exame de fezes que pode identificar parasitas e, assim, o veterinário indicar o vermífugo adequado.

✔ Vacinação: Só deve ser feita se o animal estiver saudável, vermifugado, em um lar integral e se alimentando periodicamente de ração. Um cão estressado pode não responder bem às vacinas. Verifique com um veterinário as doses e a idade adequada para o procedimento.

✔ Prevenção para dirofilariose (doença do verme do coração): Se inicia em torno do quarto mês de vida e deve ser auxiliado por um especialista.

✔ Prevenção de pulgas e carrapatos (ectoparasitas): Após 30 dias de idade já se pode iniciar o tratamento, sempre regulando com a necessidade (se existem outros animais no mesmo ambiente ou próximos, por exemplo).

✔ Castração precoce: Pode ser instituída no quinto mês de vida (durante a troca dos dentes caninos). Nas fêmeas ela previne o tumor de mama, enquanto nos machos, a indicação é para evitar o excesso de “marcação de território” com urina ou para cães agressivos.

✔ Alimentação: Para filhotes, a ração é aquela especial e deve ser dada entre 10 a 12 meses de vida, dependendo da raça. Após esse período, é aconselhável mudar para uma ração de adulto.

✔ Banho/Tosa: Depende muito da raça (tamanho, pelos), mas no geral podem ser iniciados com 45 dias de vida do filhote.

✔ Dentes: Criar o hábito da escovação dos dentes pode ser recompensado no futuro, evitando tratamentos que levam anestesia e, por isso, são caros. A escovação pode começar a partir do segundo mês de vida do animal.

A Wesco apresenta para a comodidade dos donos de cães de estimação a Acacabou para Cachorros, um dispenser de saquinhos Oxi-Biodegradáveis. É uma inovação para aquelas horas de passeio com o melhor amigo e ele precisa fazer as necessidades. Confira mais informações aqui.

Com informações: Petcare.

Os comentários estão fechados.