Vida saudável: 8 passos para começar a adotar hoje – Parte 2

Dando sequência à parte 1, vamos agora analisar os passos de 5 a 8:

Passo 5 – Lidar com o estresse

Aprenda a gerenciar o estresse.

Parece que a maioria dos autores que aborda este tema concorda que existem basicamente dois tipos de estresse. O estresse rotineiro, causado por condições crônicas ligadas à estrutura física e psicológica, fatores ligados ao meio ambiente e situações conjunturais, sobre as quais geralmente nós não temos qualquer controle. Neste caso, recomenda-se adotar práticas como a meditação, ioga, ou exercícios, para manter os níveis de resposta ao estresse em condições aceitáveis.

O outro tipo é o estresse abrupto, que chega de forma inesperada, sem aviso prévio, como um eventual acidente, ou coisa parecida. Às vezes, este tipo de estresse pode ser desencadeado por uma reunião de negócios, ou por uma reunião familiar para discutir herança, e coisas assim. Geralmente este tipo de estresse requer uma medida imediata. Já foram recomendadas ações como ir para uma academia de ginástica e exercitar-se com bastante vigor, ou ir para uma academia de boxe e esmurrar um saco de areia, ou ainda subir e descer uma escada várias vezes, até passar a raiva.

Fisicamente, o estresse é prejudicial porque envolve uma reação do corpo humano conhecida como reação de luta ou fuga, na qual há uma grande descarga de adrenalina e de noradrenalina, que causa a estimulação do sistema nervoso simpático, caracterizada por aumento da frequência cardíaca, da pressão arterial, sudorese, midríase (dilatação da pupila), diminuição da atividade dos sistemas digestivo e urinário, etc., preparando o organismo para uma luta, ou para fugir de uma situação de perigo. O estresse momentâneo é um mecanismo de defesa natural do corpo humano, porém, a continuidade desta situação é que acarreta malefícios e doenças.

Passo 6 - Dormir

Durma bem.

Dormir bem é fundamental e o corpo humano, como também o dos outros animais, necessita deste repouso.

Se, de um modo geral, você não está conseguindo dormir bem, recomenda-se procurar a causa que está por trás desta situação. Além disso, há algumas práticas que podem ajudar a ter um bom sono.

Vida saudável Excluir televisão e computador, pelo menos durante as duas horas que antecedem a ida para a cama para dormir. Não é só a excitação causada por estes dois dispositivos, mas também por causa da luz que eles emitem e que incide diretamente nos seus olhos. Para se preparar bem para a hora de dormir, recomenda-se, por exemplo, ler um livro usando uma iluminação indireta.

Evite fazer exercícios físicos vigorosos. No máximo, faça um alongamento suave e relaxante.

Tome um banho quente, de preferência, de imersão em uma banheira (cuidado para não dormir na banheira).

Mantenha uma hora aproximada de ir dormir. Mesmo que você não consiga “pegar no sono” rapidamente, obrigue-se a levantar cedo na manhã seguinte e evite tirar sonecas durante o dia. Assim, quando a noite vier, você estará naturalmente com sono.

Como rotina, não conte com os fins de semana para recuperar o sono perdido. Fazer isto eventualmente, quando está fazendo frio e chovendo, sem problemas.

É importante dormir profundamente e realmente descansar. Se você tem um sono superficial e agitado e sofre de insônia crônica, procure um especialista e trate-se.

Passo 7 – Relacionamentos

Cuide bem dos seus relacionamentos.

Para isto, procure a companhia de alguém que se sinta bem ao seu lado e que goste mais ou menos das mesmas coisas. Alguém que precise de muito apoio e de segurança, provavelmente não se sentirá bem junto a alguém do tipo lobo solitário.

Construa bons relacionamentos face a face e virtuais. Hoje em dia, todo mundo parece ter aderido às chamadas redes sociais. Reserve uma parte do seu dia para este tipo de relacionamento.

Se os seus relacionamentos mais importantes estão lhe causando mais dor que prazer, procure ajuda.

Passo 8 – Cuidar do cérebro

Exercite o seu cérebro.

Inclua na sua vida, além do trabalho, atividades que o façam pensar e raciocinar, seja individualmente, ou em conjunto com outras pessoas. Além do mais, isto parece ser algo muito agradável.

Você gostou deste post? O que você achou destes 8 passos para começar a adotar ainda hoje? Tem alguma sugestão além das mencionadas nestes posts, que queira compartilhar conosco? Por favor, deixe os seus comentários no espaço a seguir.

vida saudável

Com informações:
Webmd.com

Falar com um Consultor
× Como posso te ajudar?