Saiba o que é o câncer bucal

Saiba os sintomas, tratamento e fatores de risco para o câncer bucal

De acordo com o INCA (Instituto Nacional do Câncer) houve cerca de quinze mil novos casos de câncer bucal, apenas em 2016. No mesmo ano, cerca de cinco mil pessoas morreram por causa da doença, e as estimativas para este ano continuam alta.

A fim de conscientizar mais as pessoas sobre o assunto, hoje vamos falar um pouco sobre o câncer bucal, suas causas principais e como é possível detectar a doença.

O que é câncer bucal?

É denominado como câncer bucal o tumor (ou tumores) que primeiramente se formou na cavidade oral, ou seja, os lábios, o revestimento interno da boca, os dentes, parte da língua, o assoalho da língua, o céu da boca, e a região trígono retromolar.

Este tipo de câncer afeta principalmente os lábios e o interior da cavidade oral, enquanto que dentro da boca, deve-se observar as gengivas, as bochechas, o céu da boca, a língua e a região abaixo da língua.

Outros tumores localizados na região da cabeça e pescoço, mais especificamente na região das vias aero digestivas, também podem ser considerados um câncer bucal (dependendo do local de sua origem).

Fatores de risco

Os principais fatores de risco são:

  • Tabagismo: De acordo com a OMS (Organização Mundial de Saúde), cerca de 90% dos pacientes diagnosticados com o câncer bucal eram fumantes. Assim como outros tipos de câncer, o cigarro também aumenta as chances do desenvolvimento de câncer bucal.
  • Etilismo: Consumir bebidas alcoólicas com frequência pode aumentar as chances de desenvolver o câncer bucal. Se o consumo de bebidas estiver associado com o tabagismo, as chances aumentam mais ainda.
  • Vírus HPV: Há estudos que comprovam o envolvimento do vírus HPV no desenvolvimento do câncer bucal.
  • Exposição solar: O excesso de exposição solar, principalmente sem proteção, representa um grande risco para o desenvolvimento da doença.

Conforme dados do INCA, os homens brancos com mais de 40 anos de idade são os mais atingidos pela doença. Portanto, se você se enquadra nesse grupo, é recomendável que você faça uma prevenção anualmente.

Claro que os negros, os jovens e as mulheres não ficam isentos da doença, os dados acerca esse grupo também são alarmantes. Para todas as pessoas, recomenda-se prestar atenção à saúde bucal e tentar manter um estilo de vida saudável.

Principais sintomas do câncer bucal

  • Lesões na cavidade oral ou nos lábios e que não cicatrizam há mais de 15 dias;
  • Manchas ou placas vermelhas ou esbranquiçadas na linga, nas gengivas, no céu da boca e/ou nas bochechas;
  • Caroços no pescoço;
  • Rouquidão persistente.

Em casos mais avançados, também deve-se notar:

  • Dificuldade de mastigar e de engolir o alimento/bebida;
  • Dificuldade em falar;
  • Sensação de que há algo preso na garganta.

Tratamento do câncer bucal

A boa notícia é que, quando o câncer bucal é diagnosticado no início, e tem seu tratamento realizado corretamente, as chances de cura são de 80% dos pacientes.

O tratamento para o câncer bucal, em sua maioria, utiliza da radioterapia e/ou de cirurgias. Esses dois tratamentos podem ser utilizados em conjunto ou isolados. A indicação de como prosseguir com o tratamento dependerá do local do tumor e do tamanho.

Detectando o câncer bucal

A melhor forma de detectar o câncer bucal é realizando visitas periódicas ao dentista, principalmente se você fizer parte do grupo de risco e/ou se tiver histórico familiar de câncer.

O principal indicador que algo não está bem com sua saúde bucal, nesse caso, é a presença de feridas que não querem cicatrizar. Deve-se procurar ajuda médica (dentista ou não) a fim de investigar os motivos dessas feridas e a fim de realizar um exame completo para averiguar a saúde bucal.

Infelizmente não há ainda um autoexame eficiente para detectar a suspeita de câncer bucal. Além disso, a população brasileira ainda não consegue distinguir lesões potencialmente malignas daquelas que são inofensivas, aumentando a negligencia e a detecção tardia da doença.

Visite seu dentista periodicamente e eduque-se!

Por isso que a visita periódica com seu dentista é tão importante. Somente ele pode avaliar o estado de sua saúde bucal, e somente ele pode te ajudar a prevenir doenças. Escove os dentes diariamente e utilize sempre o fio dental.

A Wesco possui diversas opções de dispensers para a sua empresa ou consultório. Entre eles, a linha de inovações, onde a Wesco traz dispensers voltados para a saúde bucal, como dispenser para fio-dental e para enxaguante bucal. Conheça a nossa linha de dispensers clicando aqui

Com informações de: Portal Instituto nacional do Câncer – INCA.

Falar com um Consultor
× Como posso te ajudar?