Importância da saúde bucal para as empresas

O Dr. Marcos Renato dos Santos é um especialista em Odontologia do Trabalho e Presidente da Associação Brasileira de Odontologia do Trabalho, seccional Mato Grosso.

Ele diz que a maioria dos pacientes que frequenta a sua clínica são trabalhadores do setor do agronegócio, provenientes principalmente da região nordeste do Brasil. Infelizmente, esses trabalhadores, que vêm da sua região de origem em busca de oportunidades de trabalho, apresentam-se em péssimas condições de saúde bucal.

Esses trabalhadores, que geralmente têm entre 30 e 40 anos de idade, nunca visitaram um consultório dentário na vida e chegam com necessidade de tratamentos curativos urgentes, bem como de orientação sobre higiene bucal e cuidados preventivos.

Muitos desses pacientes precisam de extrações dentárias, de restos de raízes, apresentam muitas cáries e periodontite, devida à grande quantidade de tártaro, e problemas graves de oclusão, que dificultam a confecção de próteses.

Então o grande problema é que estes indivíduos não são capazes de exercer as suas atividades e desempenhar a sua função nestas condições. Não é difícil entender que entre esses trabalhadores, o índice de absenteísmo é alto. Portanto, o investimento em saúde bucal, proporcionado pela odontologia do Trabalho, reflete diretamente no aumento da produtividade e na minimização dos acidentes do trabalho, com grande benefício para as empresas.

É claro que esta situação não é exclusiva do Mato Grosso e dos trabalhadores do agronegócio; ela vale para todo o país e para os trabalhadores em geral, seja da indústria e do comércio, como de áreas importantes como a construção civil.

Portanto, para as empresas que empregam esse pessoal é importantíssimo fornecer, além da oportunidade de tratamento dentário, condições que facilitem para os trabalhadores praticar a higiene bucal, por exemplo, nos refeitórios dessas empresas, que às vezes, atendem várias dezenas de indivíduos.

Todavia, não é apenas em relação aos trabalhadores do campo e da indústria que cuidar da saúde bucal é importante; ela também vale para executivos, como pode ser visto no artigo: "Existe uma relação entre higiene bucal e um coração saudável?".

Um estudo de Lima e col. intitulado “Absenteísmo, presenteísmo e saúde bucal: uma relação real e prejudicial à produtividade do trabalhador brasileiro” conclui que a elevada prevalência de doenças bucais e de dor orofacial na população produtiva brasileira demonstra a necessidade de políticas públicas e de ações do setor privado na promoção da saúde bucal, para melhorar a produtividade e a qualidade de vida dos trabalhadores.

Uma ONG inglesa, a British Dental Health Foundation, informou que aproximadamente 18.000 trabalhadores ingleses faltaram ao trabalho no último trimestre do ano anterior devido a problemas dentários e bucais, e que as mulheres têm mais ou menos o dobro da probabilidade dos homens de faltarem ao trabalho por esse motivo; finalmente, esta ONG informa que esta causa de absenteísmo é responsável por quase o dobro das faltas que problemas cardiovasculares.

Para orientação sobre higiene bucal leia "10 dicas principais para manter uma boca saudável".

Para contribuir com a saúde bucal dos seus clientes e colaboradores, indicamos o Dispenser de Fio Dental e o Kit de Enxaguante Bucal da Wesco, que é fácil de usar e deve ser instalado em ambientes onde o zelo e a higiene são fundamentais. É recomendado a lugares públicos como escritórios, indústrias, restaurantes, universidades, órgãos governamentais, consultórios, laboratórios, hospitais e outros. Oferecemos um sistema que inclui instalação, manutenção preventiva periódica, manutenção corretiva e abastecimento ilimitado.

saúde bucal

Você gostou deste post? Por favor, deixe os seus comentários no espaço a seguir.

Falar com um Consultor
× Como posso te ajudar?