Chefes predizem tendências para os cardápios em 2016

Uma pesquisa realizada anualmente pela NRA (National Restaurant Association) dos Estados Unidos, com aproximadamente 1.600 chefs dos principais restaurantes, todos membros da ACF (American Culinary Federation), mostra as comidas, bebidas e temas culinários que serão tendências para os cardápios dos melhores restaurantes em 2016.

Embora estes dados se refiram aos restaurantes norte-americanos, é muito provável que, pelo menos, boa parte dessas tendências sejam também seguidas pelos restaurantes brasileiros.

De acordo com a pesquisa realizada, as principais tendências para os cardápios são:

  1. Carnes e frutos do mar devem ser comprados de fornecedores locais;
  1. Os principais conceitos devem ser orientados pelos chefs e deverão ser de comida rápida e descontraída;
  1. Os produtos utilizados deverão ser, sempre que possível, cultivados localmente;
  1. Os ingredientes deverão ser naturais e deverá haver um mínimo de comida processada;
  1. Sustentabilidade ambiental;
  1. Cardápios saudáveis para crianças;
  1. Novos cortes de carne;
  1. Frutos do mar de fontes sustentáveis;
  1. Sorvetes artesanais fabricados no próprio local;
  1. Condimentos e temperos de diferentes etnias;
  1. Cozinha étnica autêntica;
  1. Itens com marcas próprias de fazendeiros locais ou de produtores do mesmo estado;
  1. Açougue artesanal;
tendências para os cardápios

Fonte: arkansaslife.com

  1. Grãos antigos;
  1. Itens do desjejum de diferentes origens étnicas;
  1. Embutidos, principalmente linguiças e salsichas, fabricados no próprio restaurante;
  1. Pickles (conservas) artesanais preparados no próprio restaurante;
  1. Gerenciamento e redução de restos de comida;
  1. Comida de rua/caminhões (ou vans) de comida (food truck);
  1. Os restaurantes estarão fornecendo comida pronta ou parcialmente preparada para entrega em domicílio.

Em relação às bebidas alcoólicas, as cinco principais tendências para os cardápios são:

  1. Bebidas destiladas artesanais locais;
  1. Cervejas e vinhos produzidos localmente;
  1. Bebidas envelhecidas em barris no local;
  1. Coquetéis culinários preparados com ingredientes frescos;
  1. Coquetéis regionais.

Você gostou deste post? O que você achou destas tendências? Com que frequência você come fora de casa, em restaurantes, ou na rua (food truck)? Por favor, deixe os seus comentários no espaço a seguir.

Com informações:
Multivu.com
Restaurant.org

Falar com um Consultor
× Como posso te ajudar?