5 formas de fazer a sua casa mais sustentável

Todos queremos ter uma casa mais sustentável. A sustentabilidade é um modismo nos dias atuais, mas o que ela significa exatamente? Sustentabilidade quer dizer atender as necessidades atuais sem produzir um impacto negativo sobre as necessidades das gerações futuras. Ela também obriga as pessoas a fazer escolhas ambientalmente conscientes sobre o seu modo de vida. Não é possível para muitos de nós termos uma casa inteiramente sustentável, que use apenas os infinitos recursos da natureza sem afetar o ambiente em volta de nós. Mas, felizmente, há algumas medidas que nós podemos tomar para fazer a nossa casa mais sustentável.

Veja a seguir 5 formas de fazer a sua casa mais sustentável:

1) Paisagismo

A coisa mais básica que podemos fazer para tornar o nosso jardim mais sustentável é começar uma pilha de adubo. Para começar, você precisa apenas de algo marrom e de algo verde. Portanto, tome as suas folhas mortas e o que sobra da poda do jardim e comece a empilha-los. Com o correr do tempo, acrescente sobras de vegetais, borra de café e cascas de ovos e revire ocasionalmente a pilha para areja-la. Eventualmente, você terá um solo rico, que é perfeito para plantar uma horta de vegetais (legumes); isto é outra coisa que você pode fazer para criar uma casa mais sustentável. Dê um passo adiante e acrescente plantas comestíveis à sua paisagem. Solte um pouco a sua grama e semeie o seu jardim com variedades de plantas resistentes ao tempo seco. Uma menor necessidade de jogar água significa maior sustentabilidade. Você pode também plantar árvores que produzem sombra transitória em volta da sua casa, para ajudar a diminuir as contas do ar condicionado. Quando elas perderem as folhas no inverno, elas deixarão passar mais luz.

2) Reuse e recicle

No triângulo diminua, reuse e recicle, reciclar é realmente a última ação desejável. É claro que isto é muito melhor que jogar o lixo num aterro, mas reusar itens que ainda têm alguma utilidade é muito melhor para o meio ambiente. Por exemplo, você pode consertar ferramentas e móveis quebrados ao invés de joga-los fora. É impressionante o que se pode fazer com um rolo da fita adesiva. Saquinhos, sacolas de papel e de plástico, envelopes e pastas de arquivo são todos itens fáceis de guardar e de reusar, que têm um ciclo de vida mais longo do qual a maioria das pessoas realmente se aproveita. Papel da impressora tem dois lados, portanto, guarde uma pilha para ser usada como rascunho e para arquivar documentos. Produtos de supermercado vêm frequentemente numa embalagem de plástico, que muitas cidades não reciclam. Ao invés de jogar estas embalagens no lixo, elas podem ser usadas para guardar um grande número de itens caseiros.

3) Diminua

Reciclar e reusar são grandes práticas, mas, para começar, diminuir o seu impacto é a melhor prática. Evite comprar pratos e copos de papel e escolha lâmpadas compactas fluorescentes  ao invés das incandescentes, porque elas duram mais e usam menos energia elétrica. Consertar canos com vazamento pode economizar milhões de litros de água, enquanto que janelas com vidro fotocromático (deixam entrar mais luz quando está escuro e menos luz quando está mais claro) podem economizar energia elétrica e diminuir a sua conta mensal de aquecimento e de resfriamento. Instalar privadas com descarga de baixo fluxo e chuveiros de baixo fluxo é um investimento que, no decorrer do tempo, economizará dinheiro, além de começar a economizar água imediatamente.

4) Faça escolhas inteligentes

casa mais sustentávelAs suas escolhas, como consumidor, afetam bastante a sustentabilidade da sua casa. Usar baterias recarregáveis limita o desperdício de itens que frequentemente não são recicláveis. Comprar produtos de papel feitos com papel reciclado continua a cadeia de sustentabilidade. Além disso, esqueça as toalhas de papel e use as de tecido lavável. Copos e sacolas de lixo biodegradáveis são feitos de milho, que se dissolve com o tempo, diminuindo um tipo de plástico nos nossos aterros sanitários. Aparelhos que economizam energia, tais como lavadoras e secadoras, além de lavadoras de pratos, também economizam dinheiro com o tempo.

5) Use produtos de limpeza não tóxicos

Há atualmente no mercado muitos produtos de limpeza naturais, alguns dos quais ainda têm fragrâncias sintéticas, que terminam no nosso abastecimento de água. Felizmente, é possível fazer bons produtos de limpeza seguros, sob o ponto de vista ambiental, a partir de itens domésticos. O ácido do vinagre branco o torna naturalmente capaz de matar fungos (bolor) e bactérias; você pode usa-lo para limpar espelhos e janelas. O bicarbonato de sódio é um bom desodorante. O suco de limão é outro produto que combate bactérias e o borato de sódio é um produto de limpeza multiuso, útil para lavar paredes e pisos.

Você gostou deste post? Você já colocou em prática alguma destas medidas sustentáveis? Tem alguma outra dica para compartilhar conosco? Por favor, deixe um comentário no espaço abaixo!

× Como posso te ajudar?