6 dicas de higiene para cachorros

Cuidar do seu cachorro é mais que alimenta-lo, dar-lhe água fresca e leva-lo para passear e fazer algum exercício físico. Ele também necessita de cuidados de higiene para que se mantenha saudável. E que cuidados são esses? Veja a seguir 6 dicas de higiene para cachorros:

1. Cuidados com os dentes

Os dentes do seu cão necessitam dos mesmos cuidados que os seus. A escovação dos dentes previne a formação das placas dentárias e consequentes cáries, bem como a formação de tártaro, que podem levar a infecções como gengivite. Essas lesões podem causar perda óssea e de tecido entre os dentes e a gengiva.

2. Limpeza geral e cuidados com os pelos

Dependendo da raça, o seu cachorro deve ter o seu pelo escovado e cortado regularmente (inclusive as unhas) e também deve tomar banhos periódicos.

Estes cuidados trazem os seguintes benefícios: mantêm os pelos e a pele saudáveis, )principalmente nos cães com pelos longos); previnem infecções e outras doenças da pele e evitam o acúmulo de sujeira.

Além disso, estimulam a circulação sanguínea; permitem um exame periódico das condições dos pelos e da pele e também oferecem a oportunidade de estreitar as suas relações afetivas com o seu animal.

Dicas importantes: os cães não devem tomar banho com muita frequência, pois a pele pode ficar seca e causar coceira; tome cuidado com os produtos para limpeza, pois alguns cães têm a pele sensível; lembre-se de incluir um tratamento para carrapatos e parasitas da pele, como pulgas.

3. Limpeza dos olhos e das orelhas

Os veterinários aconselham que você faça uma limpeza das orelhas do seu cachorro uma vez por semana ou a cada duas semanas, para evitar o acúmulo de sujeira, que pode causar infecções, irritações e mau cheiro.

Os sintomas desses problemas são balançar a cabeça e coçar, que pode ferir o conduto auditivo e, eventualmente causar alguma perda de audição.

Alguns irritantes do ar, como poeira e poluentes, bem como produtos químicos, como xampus, podem causar problemas nos olhos.

Um dos mais frequentes é a conjuntivite, cujos sintomas mais comuns incluem piscar frequente, vermelhidão dos olhos, acúmulo de secreção e inchaço.

Algumas raças de cães, como os que têm olhos mais salientes, que têm uma maior tendência a ter olhos secos (o problema pode ser resolvido pingando algumas gotas de solução fisiológica), ou aqueles com dobras da pele e lacrimejamento mais intenso, podem necessitar de cuidados especiais.

Todavia, a maioria dos cães apenas precisa de uma limpeza por semana ou a cada duas semanas.

4. Limpeza das áreas onde fica o seu cachorro

Limpe regularmente as superfícies onde fica o seu cão de estimação com sabão e desinfetante, especialmente se o seu cão for jovem. Tome especial cuidado se houver bebês ou crianças pequenas que engatinham ou que brincam nessas superfícies.

O seu cão deve ser treinado para fazer as suas necessidades fisiológicas num determinado local, que deve ser limpo diariamente e aonde as crianças não vão.

5. Tenha um local próprio para a alimentação

O seu cão deve comer uma ou, no máximo, duas vezes por dia e deve ter o seu alimento colocado sempre no mesmo local, onde as crianças não tenham acesso. Limpe sempre as vasilhas onde são colocados os alimentos e essas vasilhas devem ser recolhidas assim que o animal acabar de comer.

Deixe uma vasilha em local acessível para o cão com água fresca, que deve ser trocada pelo menos uma vez por dia.

6. Vacinação

A recomendação é que o protocolo de vacinação para filhotes de cães sadios tenha início com 6 a 8 semanas de idade, como auxiliar na prevenção contra Cinomose, Hepatite Infecciosa Canina, Adenovírus Canino Tipo 2, Coronavírus Canino, Parainfluenza Canina, Parvovírus Canino e Leptospirose Canina, sorotipos presentes na maioria das vacinas conhecidas no mercado como “V8” ou “V10”.

Como a presença de anticorpos maternos interfere no desenvolvimento da imunidade ativa, os filhotes de cães devem ser revacinados a cada 3 ou 4 semanas até pelo menos 12 semanas de idade. Cães com idade acima de 12 semanas devem receber uma dose de V8 ou V10, e uma segunda dose 3 ou 4 semanas depois.

Para mais detalhes sobre esquemas de vacinação para cães em geral (filhotes e adultos) consulte um médico veterinário.

dicas de higiene para cachorrosResumindo, para que o seu cachorro esteja feliz e saudável, siga essas dicas e boa sorte. E não se esqueça, quando levar o seu cachorro para passear leve um saquinho de Acacabou!

Você gostou deste post? Você tem um cachorro de estimação? Como você cuida dele? Você costuma seguir essas dicas acima mencionadas? Além dessas 6 dicas, você tem alguma sugestão que queira compartilhar conosco? Por favor, deixe os seus comentários no espaço a seguir.

Com informações:
Prime Pet Insurance
Wipe Your Paws
Domestos

Falar com um Consultor
× Como posso te ajudar?