5 formas de matar os seus sonhos segundo Bel Pesce

Você já ouviu alguma vez alguém mencionar o nome Bel Pesce? Se não ouviu, prepare-se para ter uma agradável surpresa. Ela é brasileira, e ainda jovem, aos 17 anos, foi para os Estados Unidos para estudar no famoso MIT (Massachusetts Institute of Technology). Mas, após uma passagem pelo Vale do Silício (Califórnia), ela voltou para o Brasil.

Na Califórnia, ela foi estagiária da Microsoft, onde liderou a equipe do Microsoft Touchless. Em seguida, ela foi estagiar na Google, onde trabalhou para aprimorar o sistema de traduções (Google Translate). Ela também trabalhou na área financeira do Deutsche Bank e ajudou a lançar várias startups, como a plataforma de vídeo Ooyala e o aplicativo Lemon Wallet, que replica o conteúdo da sua carteira no seu smartphone.

A sua inciativa mais recente foi voltar para o Brasil e abrir uma escola em São Paulo, a Faz│NOVA, dedicada a ajudar estudantes em cursos presenciais e online a buscar a realização dos seus sonhos. Esta escola, fundada em 2013, está crescendo bastante.

Bel Pesce é também uma “fellow” da TED e autora de três livros: The Brazilian Girl from Silicon Valley (A Menina do Vale), Superheroes WANTED (Procuram-se Super-Heróis) e The Girl from Silicon Valley 2 (A Menina do Vale 2).

Hoje, com 24 anos de idade, Bel foi considerada pela Revista Época uma das 100 pessoas mais influentes do Brasil.

Numa apresentação na TED ela falou sobre 5 formas de matar os seus sonhos. São elas:

1. Acreditar em milagres que acontecem da noite para o dia

Às vezes as pessoas sonham em descobrir uma novidade que as tornará ricas ou milionárias, ou escrever um texto que mudará o mundo, etc. Bel diz que isto é uma ilusão e que milagres não acontecem da noite para o dia. Ela cita o próprio caso como exemplo. Aos 17 anos resolveu estudar no MIT e foi aprovada. Ela diz que isto não foi um milagre; pelo contrário, foi consequência de um duro esforço acadêmico, que veio progredindo desde a infância e que durou mais de 10 anos.

2. Acreditar que alguém tem as respostas e soluções para você

Amigos, familiares, professores, consultores, etc. Bel diz que, na realidade, apenas você pode ter as respostas e que a vida oferece uma infinidade de alternativas e somente você pode escolher o seu próprio caminho. Ao fazer as suas escolhas você poderá errar, ter que retroceder em algum instante, e vai seguir adiante através de um processo contínuo de tentativa e erro. Logo, é preciso ser persistente!

3. Decidir se acomodar pensando que o seu sucesso está garantido

Novamente, ela menciona o próprio exemplo: quando publicou o seu primeiro livro houve um grande número de downloads e cerca de 50.000 pessoas compraram cópias impressas em papel. Logo, quando ela publicou o segundo livro, poderia ter pensado que o sucesso estava garantido, baseada no que aconteceu com o primeiro livro. Mas, ao invés de se acomodar, ela decidiu fazer um esforço de divulgação ainda maior e viajou por todos os estados do Brasil promovendo o livro. O número de compradores saltou de milhares para milhões.

4. Acreditar que a culpa é dos outros

Segundo Bel, você (e você apenas) é responsável pelo sucesso dos seus sonhos. Pode haver fatores favoráveis ou desfavoráveis influindo no processo, mas, se o seu sonho não se realizar, o único culpado é você. Ela diz que ninguém chega ao sucesso sozinho, mas, em última instância, a responsabilidade pelo sucesso do seu sonho é sua.

5. A vida não é feita de sucessos ocasionais, ela é uma jornada

Ela cita o exemplo de um grupo que está escalando uma enorme montanha e que, finalmente, chega ao topo. Então, eles decidem celebrar, mas, dois segundos depois, eles se olham e dizem: “agora vamos descer”. Portanto, a sua felicidade não deve ser dependente de sucessos esporádicos. Eles podem acontecer e podem até ser celebrados, porém, a vida é uma jornada e a felicidade, na maior parte do tempo, vem de você amar e desfrutar o que faz.

Veja a seguir a sua palestra na TED Talk:

Você gostou deste post? Você conhecia a Bel Pesce? Você concorda com ela? Por favor, deixe os seus comentários no espaço a seguir.

Com informações:
TED.com

Falar com um Consultor
× Como posso te ajudar?