O segredo que falta para otimizar o fluxo das cozinhas comerciais - Wesco
  • Av. Santa Catarina, 2.505 - Vila Mascote, São Paulo - SP
  • contato@wesco.com.br
  • Telefone: +55 11 5506-7900

O segredo que falta para otimizar o fluxo das cozinhas comerciais

Se você pesquisar no Google a frase "como otimizar o fluxo das cozinhas", obterá milhões de resultados, dos quais os mais proeminentes são sobre design de cozinha, planejamento de pisos, eficiência de processos, uso de tecnologia e similares. Mas um experimento recente do consultor de otimização de cozinhas Alan Kinsella revelou o poder de um investimento de baixa tecnologia (mas com alto retorno) para melhorar o fluxo das cozinhas: melhoria da higiene na cozinha.

Um sistema para otimizar o fluxo em uma cozinha comercial

Kinsella promove o que ele chama de sistema C.H.E.F.S. para otimizar as operações das cozinhas. Representa "Controle, Higiene (e ferramentas), Engenharia, Finanças e Sistemas". E embora os operadores de restaurantes pareçam naturalmente propensos a fornecer as necessidades de Controle (através de um bom design de cozinha), Engenharia (através de processos eficientes), Finanças (como no equilíbrio certo entre qualidade e custos) e Sistemas (a adoção de tecnologias úteis, para manter as coisas em movimento e reduzir o desperdício), há uma tendência menos natural a incluir a Higiene como uma competência essencial para obter a eficiência ideal em uma cozinha comercial.

Sim, a maioria dos donos de restaurantes pode concordar com a necessidade de higiene, mas com muita frequência a vê como um problema de limpeza posterior da cozinha. No entanto, Kinsella identificou a oportunidade para um aumento incomum na eficiência, incluindo a higiene como uma consideração importante no planejamento, design e equipamento de uma cozinha. Em sua pesquisa, ele identificou problemas significativos relacionados à higiene que poderiam retardar ou atrapalhar as operações das cozinhas − lixeiras cheias, dispensadores de toalhas de papel vazios, a bagunça de trapos de pano e a inacessibilidade (ou ausência) de produtos de limpeza, sabonetes e desinfetantes para as mãos.

Ele estava convencido de que uma abordagem disciplinada sobre a higiene poderia melhorar o fluxo tanto quanto garantir a limpeza − então ele transformou uma cozinha em funcionamento com o que há de mais moderno em suprimentos e dispensadores de higiene, para testar sua convicção.

Recomendações para otimizar o fluxo das cozinhas por meio de melhorias higiênicas

O experimento, que teve um impacto imediato na eficiência, revelou que o fluxo das cozinhas poderia realmente ser melhorado por uma melhor higiene, se os seguintes princípios fossem observados:

1) Reinicie sua cozinha com um novo insight em relação à limpeza

Você não precisa necessariamente reprojetar sua cozinha, mas precisa reimaginar como a higiene se encaixará nela. Inicie sua reinicialização fazendo um tour por sua cozinha com um olhar supercrítico. Essas lixeiras sempre cheias? Elas não são apenas uma dor de cabeça (e um ímã para pragas e citações do departamento de higiene e saúde); elas também são um obstáculo literal para uma operação eficiente. Esses trapos de limpeza que ficam pendurados para uso o dia inteiro? Eles são apenas "trapos de recontaminação", transferindo líquidos, partículas e germes indesejados pelas superfícies da cozinha e pelas mãos dos funcionários.

2) Faça da colocação de produtos de higiene parte de sua estratégia de design de cozinhas

A substituição desses trapos de pano por wipers descartáveis de cozinha pode curar grande parte do problema de desordem e contaminação cruzada, mas apenas se esses wipers forem usados. Certifique-se de que os produtos selecionados, desde toalhas de papel e wipers a sabonetes e desinfetantes para as mãos, sejam fornecidos em dispensadores montados na parede, mantendo-os à vista e fáceis de acessar.

3) Lembre-se de que boa ergonomia é uma questão de posicionamento e escolha de produtos

A ergonomia relacionada ao fluxo das cozinhas geralmente se concentra em manter as ferramentas e os equipamentos "no fluxo", configurados na mesma direção em que você está trabalhando e em frente a você. No entanto, o design dos produtos, desde o formato dos cabos das facas até a facilidade com que as toalhas de papel podem ser removidas desses dispensadores montados na parede, sempre deve ser levado em consideração. Ter que esticar-se muito para pegar o sabão ou ter que puxar com muita força para conseguir um wiper não apenas estressará o corpo de seus trabalhadores, mas também poderá desencorajá-los a usar os produtos de higiene.

Como Kinsella descobriu, a higiene das cozinhas não é apenas uma questão de limpeza. É uma arma secreta para otimizar o fluxo da sua cozinha.

Inclua a Wesco no fluxo da sua cozinha!

Como vimos no sistema do Kinsella, o “F” no sistema C.H.E.F.S. representa o financeiro, que também pode ser otimizado para uma melhor experiência com os seus fornecedores. Ter ao seu lado um fornecedor que é especializado em promover a qualidade de vida e bem-estar das pessoas ao oferecer produtos destinados à higiene pessoal e a um ambiente limpo e saudável pode ser um diferencial.

A Wesco possui equipe treinada para oferecer um atendimento personalizado e realizar a manutenção preventiva dos equipamentos, tudo de maneira ágil e eficaz.

Confira alguns produtos que não podem faltar na sua cozinha:

TORK DISPENSER DE PAREDE PARA WIPERS ROLO

Tork Wiper Heavy-Duty Cleaning Cloth Giant Roll proporciona alta absorção de líquidos. Adequado para trabalhos pesados de limpeza. O dispenser de parede economiza espaço, oferece um fácil carregamento e é ergonómico.

TORK DISPENSER SABONETE ESPUMA

O dispenser Tork Foam Skincare de Elevation Design se encaixa em todos os ambientes. É fácil de usar e oferece boa higiene das mãos para todos os usuários.

  • Libera 0,40ml por acionamento.
  • Limpeza sem esforço e reenchimento intuitivo economiza tempo.

TORK ANTIMICROBIAL SABONETE ESPUMA

Tork Antimicrobial Sabonete Espuma livre de Triclosan é um sabonete antibacteriano eficaz que limpa e higieniza simultaneamente as mãos. Ideal para ambientes com sensibilidade extra à higiene com classificação NSF E-2, que é aceito para uso em áreas de alimentos e processamento de alimentos. Adequado para os dispensadores Tork Espuma que possuem design comprovadamente fácil de usar e promove uma boa higiene das mãos para todos os usuários.

ÁLCOOL GEL PURELL

Álcool Purell é uma forma simples e eficaz de higienizar as suas mãos, eliminando 99,99% os germes e bactérias, prevenindo a transmissão de doenças. Vale lembrar que o uso do álcool gel não substitui a tradicional lavagem das mãos com água e sabão, mas é um indispensável complemento para a total higienização. Seu dispositivo com sensor permite que cada acionamento disponibilize apenas 1ml do produto na versão gel, gerando uma maior autonomia de acionadas ao equipamento e, consequentemente, maior economia. Ainda assim, esta quantidade é o suficiente para a que a higiene seja completa.

DISPENSER TORK ELEVATION

Já falamos aqui da importância do uso do papel toalha na hora de secar as mãos, por isso a linha de dispensers Tork Elevation para papel toalha completa o procedimento de limpeza das mãos, assegurando a higiene com o sistema touch-free, onde o usuário toca apenas no papel que vai utilizar. O dispenser possui uma aparência moderna e se encaixa em qualquer ambiente. O sistema de toalha interfolhada TORK é o mais econômico do mundo, gerando redução comprovada de aproximadamente 30% no consumo de papel.

Fontes: Tork USA e Tork Kitchen flow research

Foto por Elle Hughes no Pexels