Bruxismo: o que é e como tratar

Descubra as causas e tratamentos para o bruxismo

Alguma vez você já acordou com uma forte dor de cabeça, sem conseguir associar o motivo para essa dor? Ou então, alguma vez você notou que um dos seus dentes está um pouco frouxo? Ou você sentiu uma dor nos dentes? Saiba que a razão disso tudo pode ser uma doença que muitas vezes nem sabemos que temos: o bruxismo.

O que é bruxismo?

O nome é feio e pode lembrar as bruxas malvadas dos contos de fadas. Mas na realidade o nome nada tem a ver com o que ele pode lembrar. O bruxismo é um ranger ou um forte apertar dos dentes. Normalmente acontece durante a noite, enquanto dormimos e momento onde não temos plena consciência do que está acontecendo com nosso corpo.

Sintomas do bruxismo:

Por causa de esse ranger ou aperto forte, o bruxismo causa dor nos dentes e às vezes pode afrouxar eles, além de fazer com que os dentes se desgastem com maior frequência. Além disso, o bruxismo pode acarretar fortes dores de cabeça, dores parecidas à dor de ouvido, recuo da língua, dores no rosto e/ou na mandíbula.

Caso o bruxismo não seja tratado, a frequência que essa doença ocorre traz sintomas agravados, como problemas envolvidos na articulação da mandíbula, transtornos alimentares, ansiedade, depressão, irritabilidade stress, tensão, insônia, além de sensações que normalmente não são atribuídas aos dentes, como sentir frio ou calor nos dentes.

Como saber se tenho bruxismo?

Por acontecer com maior frequência quando dormimos, muitas vezes nem notamos que temos. Só vamos saber depois que alguém comenta que ouviu o ranger dos dentes ou quando vamos ao dentista e ele fala que há alguma coisa errada.

Porém, se você identificou alguma dos sintomas, marque um horário com o seu dentista e investigue. Além disso, manter sua saúde bucal em dia é essencial para descobrir e evitar doenças.

Quais as causas mais comuns que fazem o bruxismo aparecer?

Ainda não se sabe com clareza o que leva um indivíduo sofrer de bruxismo, porém, há algumas causas que já foram identificadas pelos médicos. Dentre as razões físicas e psicológicas estão:

  • Ansiedade, stress, tensão, raiva e frustrações;
  • O mau alinhamento dos dentes inferiores e/ou superiores;
  • Outros problemas relacionados ao sono, como apneia e ronco;
  • Em crianças, o bruxismo pode ser uma resposta à dor de ouvido ou à dor de dente;
  • Refluxo do ácido estomacal para o esôfago e para a boca;
  • O bruxismo também pode ser um efeito colateral de algum medicamento receitado, como os antidepressivos;
  • E também pode ser uma complicação de alguma doença já existente, como por exemplo, a doença de Huntington e a doença de Parkson.

Além das caudas listadas acima, alguns fatores podem facilitar o aparecimento da doença, como hábitos que envolvem substâncias nocivas à saúde, e como o tipo de personalidade da pessoa.

Qual o tratamento para o bruxismo?

Primeiramente deve-se descobrir o motivo por trás da doença. Com o uso das perguntas certas e de um exame dos dentes, uma vez descoberta a razão que desencadeou o bruxismo o seu dentista será capaz de determinar um tratamento que seja o melhor para você.

Seu dentista e você podem escolher a utilização de uma placa na parte superior de seus dentes na hora que você for dormir. Não é uma cura, mas essa placa garantirá que os impactos do bruxismo sejam mínimos.

Além disso, você pode encontrar métodos de relaxamento com o intuito de diminuir o seu stress, e por consequência, diminuir o bruxismo.

E há também a possibilidade de reduzir a exposição de um ou mais dentes, com o intuito de igualar a sua mordida. Isso pode ser corrigido através de procedimentos dentários com o seu dentista.

Para consultórios e empresas é importante educar

Nada como oferecer para o paciente em consultórios ou para funcionários e clientes de empresas e escritórios, a opção de uma limpeza bucal completa em banheiros. Pensando nisso, a Wesco inovou e trouxe ao mercado diversas opções de dispenser para fio dental, enxaguante bucal, entre outros. Veja mais aqui.

Com informações de: Colgate, Minha Vida.

Falar com um Consultor
× Como posso te ajudar?