Saúde bucal em dia é sinônimo de saúde mental conservada | Wesco

Saúde bucal em dia é sinônimo de saúde mental conservada

Mantenha uma boa saúde bucal para ajudar a conservar sua saúde mental

Todo mundo já se pegou esquecendo de alguma coisa, seja um detalhe sem importância, ou alguma coisa que havia importância, não é mesmo? E quando isso acontece, normalmente nós nos desculpamos e nos empenhamos em não repetir o erro.

Porém, de acordo com uma pesquisa feita pela Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, talvez seja o caso de começarmos a escovar os dentes toda vez que esquecemos de algo. Isso mesmo, escovar os dentes. Isso porque, de acordo com a pesquisa, que analisou cerca de 2300 pessoas, existe uma conexão entre uma boa saúde bucal e uma boa saúde mental.

A pesquisa

Cada homem e cada mulher analisado pelos pesquisadores da universidade tiveram sua saúde bucal analisada e observada de perto. Após, foi dado para cada participante da pesquisa alguns testes com o intuito de avaliar sua memória e raciocínio, obrigando os participantes a pensarem rápido.

O resultou disso mostrou que os adultos com mais de 60 anos de idade e com maiores níveis de doenças bucais demonstraram um raciocínio mais lento e, demonstraram também, uma dificuldade maior em memorizar novas informações. Além disso, os participantes com maiores índices de bactérias gengivais demonstraram poucas habilidades com exercícios de cálculos que envolviam números maiores de três dígitos.

Os motivos

O resultado da pesquisa feita pela Universidade de Columbia é válido, pois é sabido que as bactérias causadoras de doenças gengivais possuem fortes relações com a perda de memória, pois essas bactérias podem avolumar as placas ateromatosas de dentro das artérias e dos vasos sanguíneos. Essas placas são acúmulos de gordura, de colesterol, de cálcio, de bactérias, dentre outras substâncias.

E esse volume adicional das placas ateromatosas dentro das artérias e em contato com o sangue sofre coagulação e, gradativamente diminui a iluminação das artérias afetadas, tornando o fluxo sanguíneo e a oxigenação dos órgãos mais difícil. Por causa dessa dificuldade de oxigenação e de circulação em algumas partes do cérebro que há um comprometimento do bom funcionamento dele, fazendo com que a memória e o raciocínio fiquem danificados.

A má higiene bucal pode trazer outras doenças

Além de comprometer a saúde mental, a má higiene bucal pode trazer doenças para outras áreas de nosso corpo. Esse acúmulo de placas ateromatosas, que diminui a iluminação das artérias afetadas, pode causar também derrames cerebrais e infartos do miocárdio.

Essas placas também podem se fragmentar e viajar pelo nosso corpo, podendo se alojar em algum outro órgão, fazendo com que uma trombose ou embolia aconteça. Além disso, há o risco de que as bactérias causadoras de doenças gengivais possam cair em nossa corrente sanguínea, causando uma doença crônica nas válvulas do nosso coração.

Visite seu dentista periodicamente e eduque-se!

Por isso que a visita periódica com seu dentista é tão importante. Somente ele pode avaliar o estado de sua saúde bucal, e somente ele pode te ajudar a prevenir doenças. Escove os dentes diariamente e utilize sempre o fio dental.

A Wesco possui diversas opções de dispensers para a sua empresa ou consultório. Entre eles, a linha de inovações, onde a Wesco traz dispensers voltados para a saúde bucal, como dispenser para fio-dental e para enxaguante bucal. Conheça a nossa linha de dispensers clicando aqui

Com informações de: Saúde Terra.