Como serão os tratamentos dentários em 2020?

Como serão os tratamentos dentários em 2020?

Para pensar como serão os tratamentos dentários em 2020, precisamos inicialmente pensar em como será a população em 2020. Certamente, teremos em 2020 uma população mais idosa, isto é, a média da idade irá aumentar. Isto, com certeza, aumentará a incidência de problemas nos dentes desta população, pois, quanto maior for a idade média da população, maior será a probabilidade de ocorrerem mais problemas com os dentes dessas pessoas.

De acordo com uma pesquisa realizada, de um modo geral, a saúde dental irá melhorar. Lembrando a da minha própria família, eu e a minha esposa tivemos problemas dentários muito mais frequentes que nossos filhos, e a razão principal disto ter acontecido foram as aplicações de flúor, que não existiam quando eu e minha esposa éramos crianças. Eu creio, todavia, que este fator será parcialmente compensado pela maior idade média da população.

Outro fator importante será uma maior prevenção. Com a melhora geral da educação das pessoas, um número maior de indivíduos adotará melhores hábitos de higiene bucal, como a escovação dos dentes e o uso de fio dental, além dos bochechos com soluções antissépticas, como o Listerine.

Além disso, prevemos em nosso país, uma melhora no nível a na qualidade da alimentação, tornando os indivíduos mais capazes de combater agentes infecciosos, através do seu sistema imunológico.

Dito isto, precisamos lembrar que esta pesquisa foi realizada em países desenvolvidos, como os Estados Unidos e alguns países da Europa. Assim sendo, vamos procurar extrair conclusões e tendências que sejam mais adequadas para a nossa população.

Uma primeira conclusão deste estudo sobre os como será os tratamentos dentários 2m 2020, é que não haverá substituto para os implantes dentários nos próximos 10 anos. Dado o aumento da idade média da população, aumentará o número de pacientes com problemas dentários e comorbidades, isto é, outras doenças, como diabetes, hipertensão arterial, etc. Os pacientes demandarão mais e melhores informações sobre a saúde dentária e sobre as opções de tratamentos dentários disponíveis.

Nos países desenvolvidos, e provavelmente aqui também, a maioria dos jovens dentistas que irão substituir os aposentados e falecidos será constituída por mulheres.

Deverá haver uma diminuição dos laboratórios dentários e do número de técnicos que trabalham neste setor, e muitos laboratórios serão integrados a clínicas dentárias; esses técnicos serão conhecedores de novas tecnologias digitais.

Nos países desenvolvidos, o crescimento do mercado de implantes dentários estará correlacionado ao comportamento do consumidor e ao ambiente macroeconômico. Já nos países em desenvolvimento, continuará a predominar a mentalidade do “suficientemente bom” entre pacientes e dentistas.

Em relação ao aumento do número de implantes, são necessárias algumas condições: o acesso a profissionais habilitados para fazer implantes, a aceitação pelos pacientes e a capacidade de pagamento, seja por pacientes particulares, ou através de convênios.

Resumindo os principais pontos chave de como serão os tratamentos dentários em 2020 são:

  1. Em relação aos pacientes: eles serão mais bem informados e serão portadores de mais comorbidades.
  1. Em relação aos dentistas: a base de clientes será mais diversificada, haverá mais profissionais dentistas do sexo feminino, poderá haver falta relativa de dentistas habilitados a fazer implantes e os prostéticos poderão determinar alguns tratamentos.
  1. Em relação à tecnologia: haverá um avanço da tecnologia digital (a boca dos pacientes será escaneada em 3D) e os arquivos poderão unir o histórico médico e dentário em grandes bases de dados eletrônicos.
  1. Em relação à indústria: o crescimento será gerado pelo aumento demográfico, haverá um crescimento maior nos mercados emergentes (BRICS), a marca e a diferenciação serão essenciais nos mercadores mais amadurecidos e haverá necessidade de manutenção dos implantes.
  1. Em relação ao ambiente econômico: ele continuará fraco na Europa, o crescimento será sustentado pela América do Norte e pelos BRICS e haverá uma crescente concorrência pelo talento.

tratamentos dentários

Você gostou deste post? Você é dentista, paciente ou ambos? Por favor, deixe os seus comentários no espaço a seguir.