O cardápio e suas porções | Wesco

O cardápio e suas porções

Um de nossos assuntos recorrentes aqui no blog da Wesco envolve o cardápio de um restaurante. Para citar algumas dessas vezes, nós já falamos sobre como adequá-lo para crianças, sobre o cardápio à la carte, e como fazer alterações no menu.

Isso tudo porque sabemos que a alma do restaurante pode ser representada através de seus pratos e de suas apresentações. Para isso, o chef – ou o dono do restaurante – monta o seu prato pensando em tudo aquilo necessário para satisfazer o apetite do cliente e ainda proporcionar uma experiência gastronômica.

Mas, infelizmente, nem sempre o cliente entende esse objetivo e acaba deixando o estabelecimento dizendo que “lá a porção é minúscula, ainda fiquei com fome”, ou então “tive que comer mais alguma coisinha quando cheguei em casa”.

Por causa de comentários desse tipo, que chegam aos ouvidos do dono do restaurante (ou de seu cozinheiro),  alguns estabelecimentos pecam em ceder a esses clientes e acabam aumentado suas porções.

Porém, ao fazer isso, esses estabelecimentos podem estar cavando sua ruína: porções maiores geram mais desperdício e maiores despesas.

No cardápio e no prato, menos é mais

No momento de planejar seu cardápio, é interessante ter a presença de um nutricionista para ajudar a elaborar os pratos. Isso porque, um prato equilibrado garante que a fome do cliente seja saciada e que os gastos do restaurante com os insumos sejam compensatórios – ou seja, que o restaurante tenha um prato com um preço justo para o cliente e que ainda dê lucro.

Para evitar a contratação de um nutricionista para remediar problemas como esses, é importante que logo antes da inauguração de um restaurante,  a elaboração do cardápio já tenha passado por um estudo científico, financeiro e de mercado. Ou seja, prevenir ao invés de remediar.

Além do mais, um cozinheiro experiente já vem com o conhecimento necessário para elaborar um prato, portanto, converse com seu cozinheiro a fim de elaborar um cardápio dentro de todos os objetivos que você tem em mente.

Mas como saber o tamanho certo de minha porção?

Se você não tem como pagar o custo de um profissional para elaborar o cardápio, vale fazer uma pesquisa sobre o assunto e montar o cardápio baseando-se naquilo que você pode bancar.

Além disso, é fácil encontrar na internet tabelas de alimentos e de cortes já pré-estabelecidos, por pessoa:

  • Carnes de rês: Os cortes de carne de rês variam entre porções de 180g e 80g, sendo que a porção da costela é a maior, podendo ser 250g por pessoa.
  • Carnes de aves: Os cortes de carnes de aves variam entre porções de 320g (peru) e 80g. Sendo que, o mais utilizado – o peito de frango – fica entre 120g e 100g por pessoa.
  • Carnes de porco: Os cortes de carne de porco variam entre porções de 200g e 150g, sendo que a porção mais alta é da costela suína.
  • Arroz: Cerca de 50g (cru) por pessoa.
  • Massas: Variam entre 200g e 150g por pessoa.
  • Camarão: 70g por pessoa.
  • Peixes: Cerca de 200g por pessoa.
  • Bolo: Cerca de 100g por pessoa.
  • Sorvete: Calcula-se 1 bola por pessoa.

Sabendo a quantidade pré-estabelecida de determinado alimento (como, por exemplo, da carne), fica fácil elaborar um prato, basta pensar nos acompanhamentos desse alimento.

Lembrando que, dependendo do prato, talvez a porção pré-determinada possa ser diminuída (ou aumentada), isso dependerá de como você ou o chef elaborou o prato. Por exemplo, se a sobremesa inclui sorvete e bolo, talvez servir 100g de bolo mais uma bola de sorvete seja um exagero, portanto, convém diminuir a quantidade de bolo.

Cuidado com o cliente é essencial

Não importa se for numa loja física, em um food truck, em um fast food ou em um fast casual. Fazer com que os seus clientes se sintam bem em seu restaurante é sempre importante.

Seja com um bom atendimento, com um lugar confortável ou com uma alimentação diferenciada, a Wesco oferece uma linha de qualidade superior para atender as necessidades de restaurantes engajados com um bom serviço.

A Wesco possui diversos modelos de dispensers para o banheiro, como dispenser para fio dental, para enxaguante bucal, papel higiênico, entre outros. Entre aqui no site e confira.

Com informações de: InFood; Dedo de Moça.